Moreirense-FC Porto (1-2), dragões nas meias-finais da Taça de Portugal

Moreirense - FC Porto - Taça de Portugal

O FC Porto é o último semifinalista da Taça de Portugal, venceu em Moreia de Cónegos (1-2), continua a senda de vitórias e segue em todas as frentes, marcando encontro com o Sporting na antecâmara do Jamor. Sérgio Conceição faz sete mexidas no onze do FC Porto para o jogo com o Moreirense, em jogo a contar para os quartos-de-final da Taça de Portugal…

Casillas regressou à baliza, a exemplo do que tem acontecido maioritariamente nas taças. Na defesa as novidades foram Maxi Pereira e Felipe. Daí para a frente manteve Danilo e Brahimi. Herrera regressou ao onze, assim como Layún, sendo que Soares é o ponta de lança, tendo o apoio de Brahimi e de Hernâni.

Os azuis e brancos não precisaram de acelerar para cumprir com o objetivo, já somam dezoito jogos sem perder e nove vitórias seguidas do conjunto de Sérgio Conceição.

Com golos de Herrera e Layún nos primeiros vinte minutos, o conjunto portista teve o que foi necessário para se adaptar às circunstâncias do jogo. A reação do Moreirense foi ténue, incapaz de beliscar a hegemonia portista, que segue na senda de triunfos e encara o leão para as meias-finais d aprova rainha do futebol português. Segue a onda triunfal do dragão também na Taça de Portugal.

Manuel Oliveira dirigiu o jogo em Moreira de Cónegos, o árbitro da Associação de Futebol do Porto, teve como assistentes Pedro Ricardo Ribeiro e Tiago Leandro, com Vasco Santos como quarto árbitro.

FC Porto: Casillas; Maxi Pereira, Felipe, Marcano, Alex Telles; Danilo, Layún, Herrera, Hernâni (Ricardo), Brahimi(André André ) e Soares.
Suplentes: José Sá; Ricardo, Reyes, Óliver, André André, Marega e Aboubakar.

Veja os melhores momentos do encontro:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *