LC: Sérgio Conceição faz a antevisão ao duelo com a AS Roma


AS Roma e FC Porto medem forças, amanhã, terça-feira, pelas 20h. Pepe e Sérgio Conceição fizeram a antevisão do encontro com a AS Roma…

Pepe e Sérgio Conceição, fizeram a antevisão ao duelo com a AS Roma, referente à 1.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

O treinador portista abordou um confronto de máxima exigência para os Dragões, garantindo que a sua equipa está preparada para dar uma boa resposta em Itália. O internacional português, que se mostrou feliz por voltar à Champions ao serviço dos Dragões, deixou elogios ao adversário, mas salientou a determinação portista em levar um bom resultado para a segunda mão de forma a decidir a eliminatória em Portugal.

Fique com as principais declarações:

O FC Porto está numa má fase? O mais importante é o jogo de amanhã, numa prova que é fantástica onde, historicamente, o FC Porto está habituado a estar. Estamos focados a dar uma resposta positiva, isso é que é importante.

A lesão de Marega e o castigo de Corona: Não há amarras nenhumas. Sou pago para encontrar soluções e não para estar metido nos problemas. Nunca me ouviram dizer que este ou aquele resultado aconteceram por alguma ausência.

Adversário: Sabemos que são dois jogos que temos de disputar. Temos de ser consistentes. Temos de ter uma equipa sólida, independentemente do nome do adversário. Este campeonato italiano é exigente e temos de estar à altura da Roma. Estamos prontos para o desafio de amanhã.

As declarações de Lorenzo Pellegrini: O Pellegrini disse que o FC Porto era uma excelente equipa mas não era de topo europeu. Tem razão, não é de topo europeu, é de topo mundial. No final, uma das equipas vai esfregar as mãos. E eu espero que seja o FC Porto.

Ir mais longe na Liga dos Campeões: O nosso objetivo é chegar mais longe do que o ano passado. A Roma é uma equipa com jogadores muito interessantes. É o terceiro melhor ataque do campeonato italiano, o que não é fácil num campeonato tão exigente como este. Temos de ser uma equipa agressiva e sólida, tanto com bola como sem bola. Cabe-nos a nós ir à procura da baliza adversária e fazer golos.

O passado como jogador da Lazio: Não há nenhum sentimento especial por defrontar a Roma e ter sido jogador da Lazio. Há um sentimento especial por ter no peito o símbolo no FC Porto. A frase do Totti? Deve ser pela simpatia ou antipatia que tem comigo… Por ter ganhado títulos aqui.

Castigo de Corona: Eu não sei como é que a UEFA faz para avaliar os pensamentos dos jogadores. Não compreendo esse castigo. Seria mais um jogador e mais uma solução para nós.

Marcano: É um ser humano fantástico. Não faço a ideia por que é que não se consegue afirmar em Itália… Ele tem imensa qualidade.

Questões para Pepe


Regresso à Liga dos Campeões: Jogar a Champions é sempre especial para qualquer jogador. Para mim, mais ainda porque estou num clube pelo qual tenho imenso carinho e respeito, e que me projetou para o futebol mundial. Estou muito feliz por estar aqui hoje.

Experiência é decisiva? O mais importante é o trabalho. O FC Porto tem demonstrado que trabalha. É uma equipa unida dentro de campo, temos uma entrega enorme. Independentemente da experiência temos de ser aquilo que somos: uma equipa humilde dentro de campo.

Esperava já estar aí sentado?: Quem sabe isso é o mister. O mais importante é o grupo e o espírito de enfrentar o que é o jogo de amanhã. Fazer de tudo para ganhar e levar uma vitória para Portugal.

Como analisa um dos melhores ataques de Itália: O coletivo da Roma é muito bom, é uma equipa que gosta de ter a bola, muito vertical, mas nós estamos preparados e focados no que temos de fazer dentro do campo para tentar surpreender o nosso adversário.

Como foi o reencontro com Casillas: É sempre bom encontrar um companheiro com quem trabalhei tanto tempo. Ganhámos muitos títulos juntos e espero poder dar continuidade a esses títulos aqui no FC Porto.

Confrontos com a Roma: São jogos diferentes, clubes diferentes e jogadores diferentes. Sabemos que vamos ter muitas dificuldades amanhã mas vamos fazer tudo para ter um resultado positivo.

Momento atual no FC Porto: Sinto-me bem e forte. Trabalho bem. Os níveis de exigência do FC Porto são altos, com treinos muito competitivos. Temos de estar sempre preparados. O segredo é o trabalho que o FC Porto faz.

Momento menos positivo do FC Porto: É sempre bom ganhar, mas nós ainda também não perdemos. O nosso foco tem de estar no jogo de amanhã. Os jogadores vão honrar a camisola do FC Porto.

AS Roma-FC Porto, jogo da 1.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões tem lugar no Estádio Olímpico de Roma, esta terça-feira a partir das 20h00 (TVI), hora de Portugal Continental.

Notícias Populares