Herrera e Brahimi podem mudar-se para Itália no próximo mercado


A direção do FC Porto ainda não atirou a toalha ao chão em torno das renovações de Herrera e Brahimi, no entanto, as exigências financeiras de ambos podem ser incomportáveis para a SAD azul e branca…

O FC Porto tenta até dezembro garantir a renovação dos dois jogadores, mas tarefa não se afigura nada fácil de concretizar, visto que ambos estão em final de contrato, os dois fazem 29 anos em 2019 e o próximo contrato poderá ser o último grande vínculo da sua carreira.

Desse modo, o futuro do mexicano Hector Herrera e do argelino Brahimi parece estar cada vez mais longe do Dragão, ambos continuam a ser bastante cobiçados e em Itália, onde a garantem que a Roma e a Lazio preparam propostas para levarem os atletas dos dragões na reabertura do mercado, em janeiro.

Roma prepara ataque final ao médio do FC Porto:
De acordo com o jornal “Gazzetta dello Sport”, Herrera é um dos desejos do espanhol Monchi, diretor desportivo da Roma, sendo que, o emblema romano quer antecipar-se ao Inter e ao Tottenham, que também já manifestaram interesse no jogador, e admitem desembolsar um valor a rondar os 15 milhões de euros para assegurar a sua contratação.

Para o capitão dos azuis e brancos estará ainda uma proposta de sete milhões de euros brutos por ano, que pode ascender aos oito, valor que ultrapassa os seis pedidos ao FC Porto para renovar o atual vínculo.

Lázio avança pelo argelino do FC Porto:
A imprensa italiana avança ainda que a Lazio está interessada na contratação de Brahimi e o emblema italiano está a preparar também uma proposta para o próximo mercado de transferências. No entanto os cerca de 6,5 milhões de euros (valor que os dragões terão de pagar à Doyen) que Lazio prepara pode não chegar convencer a SAD portista.

A mesma fonte refere também que os italianos acenam com uma proposta salarial de dois milhões de euros por temporada, assim como um vínculo com a duração de quatro a cinco anos, para o jogador dos azuis e brancos.

Notícias Populares