FC Porto regressa ao voleibol com equipa feminina


O FC Porto teve voleibol masculino até há cerca de 30 anos e agora volta a ter, mas no feminino e pela porta da academia formada há cinco anos pelo ex-atleta portista José Moreira…

O FC Porto assinou um protocolo com a Academia José Moreira que permite aos ‘dragões’ ter uma equipa de voleibol feminino no Nacional da I Divisão em 2019/2020, com a designação AJM/FC Porto.

O FC Porto teve voleibol masculino até há cerca de 30 anos e agora volta a ter, mas no feminino e pela porta da academia formada há cinco anos pelo ex-atleta portista José Moreira, um histórico da modalidade e do clube, com 55 títulos nacionais conquistados, “25 deles ao serviço do FC Porto”, onde jogou e treinou.

O treinador será o filho de José Moreira, Rui Moreira, que é o técnico-adjunto da seleção nacional masculina, o plantel é composto por 15 atletas, três das quais são as internacionais: Juliana Antunes, ex-Leixões, e Joana Resende e Bárbara Gomes, ambas ex-AVC Famalicão, e três estrangeiras, duas brasileiras e uma cabo-verdiana.

“Para a modalidade, é muito importante o regresso de equipas como o FC Porto e o Sporting, porque vai trazer mediatismo à modalidade”, anteviu Moreira, em declarações à agência Lusa. Já José Moreira enalteceu a realização do «sonho» de “um dia ter uma escola que estivesse ligada ao FC Porto»”. Já o presidente dos dragões, Pinto da Costa, mostrou-se “feliz” pelo momento, rotulando-o como uma homenagem “não só ao voleibol, mas também a José Moreira”, que iniciou a atividade como atleta em 1967.

+ info: O primeiro jogo oficial do FC Porto será a Supertaça, frente ao campeão nacional, o Leixões, marcada para 05 de outubro, em Vila Flor, às 15:00, e a estreia no campeonato nacional terá lugar uma semana depois, com a receção ao AVC.

Notícias Populares