FC Porto-Desp. Aves (4-0), 32.ª jornada


FC Porto-Desp. Aves (4-0), vitória categórica do FC Porto no Estádio do Dragão, em jogo referente à 32.ª jornada, a penúltima do campeonato nacional…

Depois do empate em casa do Rio Ave (2-2), o FC Porto recebeu e venceu o Desp. Aves (4-0), este sábado, em jogo referente à 32.ª jornada do campeonato nacional.

  • Antevisão

    Este será o primeiro jogo após o empate dos dragões, com o Rio Ave, que aumentou a distância para o título. Na última jornada, os azuis e brancos perderam pontos, em casa do Rio Ave (2-2).

    O Momento

    Depois do empate em Vila do Conde e um problema de saúde grave a afetar Iker Casillas, os dragões entram em campo já depois do Benfica-Portimonese, seja como for, a equipa de Sérgio Conceição sabe que só pode ganhar, caso pretenda continuar a lutar com o bicampeonato. O Aves está cinco pontos acima da linha de água e faltam disputar nove na Liga 2018/19. A permanência parece perto, mas ainda não é um dado adquirido. Mama Baldé é ausência muito importante no Estádio do Dragão.

    Histórico

    Contas simples, o Desportivo das Aves jogou quatro vezes na casa do FC Porto e perdeu sempre: 2-0 em 1986, 4-0 em 2001, 4-1 em 2007 e 2-0 em 2018, no total, 12 golos marcados pelos dragões e apenas um pelos avenses. Alex Telles e Otávio marcaram na época passada.

    Convocados do FC Porto:

    Vaná (GR), Diogo Costa (GR), Mbaye (GR), Militão, Felipe, Pepe, Mbemba, Maxi Pereira, Alex Telles, Danilo, Herrera, Óliver, Bruno Costa, Corona, Otávio, Brahimi, Soares, Marega, Aboubakar, Fernando Andrade e André Pereira.

    Convocados do Desp. Aves:

    Beunardeu (GR), André Ferreira (GR), Rodrigo Soares, Ponck, Diego Galo, Jorge Felipe, Vítor Costa, Mato Milos, Defendi, Rodrigo, Fariña, Faye, Rúben Oliveira, Derley, Braga, Luquinhas, Ricardo Rodrigues, Miguel Tavares.

    Juízes da partida

    O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Hugo Miguel para arbitrar o jogo. O árbitro da Associação de Futebol de Lisboa terá como assistentes Álvaro Mesquita e Ricardo Santos, sendo Bruno Vieira o quarto árbitro. O VAR será Vasco Santos.

  • Jogo ao minuto

    • Onzes iniciais:
      FC Porto: Vaná; Manafá, Éder Militão, Felipe, Alex Telles; Corona, Herrera, Danilo, Brahimi; Marega e Soares.
      Desp. Aves: Beunardeau; Ponck, Diego Galo, Jorge Fellipe; Rodrigo, Ablaye Faye, Rúben Oliveira, Vítor Costa; Fariña, Luquinhas, Derley.
    • Suplentes:
      FC Porto: Diogo Costa, Maxi Pereira, Aboubakar, Óliver, Otávio, Pepe, Fernando Andrade.
      Desp. Aves: André Ferreira, Defendi, Braga, Tong Le, Mato Milos, Ricardo Rodrigues, Miguel Tavares.
    • INICIO DA PARTIDA
    • 6′ Cabeçada de Marega, mas sai ao lado da baliza.
    • 17′ Lance de insistência de Brahimi. Ganha canto.
    • 18′ GOLO! 1-0 – Jesus Corona.
    • 29′ GOLO! 2-0 – Soares (GP).
    • 35′ Fariña ganha a bola a Danilo em posição perigosa, mas em falta.
    • 36′ Corona combina com Soares e remata com muito perigo. Beunardeau defende.
    • 45′ AMARELO – Jorge Fillipe.
    • FIM DA 1ª PARTE
    • 46′ Saiu Jorge Filipe, entrou Braga.
    • 48′ Cartão amarelo para Herrera.
    • 47′ Derley! Que tiro! Para as mãos de Vaná.
    • 48′ AMARELO – Herrera.
    • 58′ Jogo morno no Estádio do Dragão.
    • 63′ Jogo interrompido para assistência a Éder Militão.
    • 63′ Brahimi remata mas saiu ao lado da baliza.
    • 68′ GOLO! 3-0 – Manafá.
    • 70′ GOLO! 4-0 – Soares.
    • 73′ Saiu Alex Telles, entrou Otávio.
    • 76′ Saiu Faye, entrou Miguel Tavares.
    • 76′ AMARELO – Fariña.
    • 78′ Saiu Herrera, entrou Óliver.
    • 80′ Saiu Marega, entrou Aboubakar.
    • 85′ Saiu Ruben Oliveira, entrou Tong Le.
    • 90′ Três minutos de tempo extra.
    • FIM DA PARTIDA
  • Crónica

    Vitória categórica do FC Porto no regresso a casa, a equipa de Sérgio Conceição respondeu com muito profissionalismo ao dissabor da última jornada. Corona (18′), Soares (30′ e 78′) e Manafá (68′) marcaram os quatro golos da partida.

    Segue tudo na mesma nas contas do título!

    [ Ver filme do jogo ]

    De destacar que todos os jogadores azuis e brancos tinham escrito ‘Iker’ nas costas da camisola e os adeptos colocados no topo sul exibem uma enorme tarja com a inscrição,’Força Iker’.

    Recorde-se, que este é o primeiro jogo do FC Porto depois de Iker Casillas ter sofrido um enfarte do miocárdio. O guarda-redes dos dragões continua a evoluir favoravelmente, sem qualquer tipo de complicação, denotando boa disposição e o sentido de humor habitual. O internacional espanhol já passou para os cuidados intermédios e tem todos os parâmetros a evoluir no sentido da normalidade.

    De realçar ainda que os Sub-19 portistas, que recentemente se sagraram campeões europeus ao conquistarem a UEFA Youth League, estiveram no Estádio do Dragão e subiram ao relvado no intervalo da partida. A equipa comandada por Mário Silva deu a habitual volta da consagração ao Dragão e foi ovacionada de pé pelos milhares de adeptos presentes nas bancadas.

    Estádio do Dragão – FC Porto-Desp. Aves, 4-0


    FC Porto: Vaná; Manafá, Éder Militão, Felipe, Alex Telles (Otávio, 73m); Corona, Herrera (Óliver, 75m), Danilo, Brahimi; Marega (Aboubakar, 80m) e Soares.
    Suplentes: Diogo Costa, Maxi Pereira, Aboubakar, Óliver, Otávio, Pepe, Fernando Andrade.
    Treinador: Sérgio Conceição.
    Espectadores: 40,017


    Veja os melhores momentos

Triunfo do FC Porto por 4-0 na recepção ao CD Aves, jogo a contar para 32.ª jornada do campeonato.

Notícias Populares