CD Nacional-FC Porto, (0-4)


Nacional-FC Porto (0-4), dragões vencem na Choupana e pressionam Benfica. Em jogo referente à 33.ª e penúltima jornada do campeonato…

Dragões vencem, por 4-0, na Choupana, e saltam para a liderança à condição do campeonato. Sérgio Conceição forçado a efetuar duas alterações na equipa inicial do FC Porto para o duelo deste domingo com o Nacional, referente à 33ª ronda da I Liga.

  • Antevisão

    Após o 4-0 imposto ao Desportivo das Aves no Estádio do Dragão, o FC Porto defronta o Nacional, este domingo, às 17h30, no Estádio da Madeira no Funchal, em embate relativo à 33.ª e penúltima ronda da Liga NOS. É a primeira de duas finais para os azuis e brancos que querem regressar ao continente em posição de lutar, na última jornada, pelo 29.º campeonato da história do clube.

    O Momento

    Os pupilos de Sérgio Conceição partem para a 33.ª e penúltima jornada do campeonato com 79 pontos, a dois do líder Benfica, que pode fazer a festa do título em caso de vitória e tropeção do dragão no Funchal. Já o Nacional, penúltimo da classificação, apenas pode conceber uma receita… a da vitória. Tudo o que não seja conquistar os três pontos traduziria-se numa descida automática de divisão, uma vez que o Chaves a quatro pontos de distância tem vantagem no confronto direto.

    Histórico

    Os caminhos de FC Porto e Nacional já se cruzaram por 42 vezes em três competições (Liga Portuguesa, Taça de Portugal e Taça da Liga) com ascendente claro dos portistas que venceram mais de dois terços dos jogos disputados (31), tendo-se registado 4 empates e apenas sete triunfos para a formação insular. Em partidas do campeonato nacional, a percentagem de sucesso azul e branco é ainda mais notória (76%): em 37 desafios, 28 vitórias, quatro empates e cinco desaires. Os Dragões têm igualmente domínio sobre os alvinegros na Choupana, onde ganharam 16 de 22 encontros, tendo ainda havido três empates e três vitórias do Nacional. Na primeira volta da presente edição da Liga, a 7 de janeiro de 2019, na 16.ª ronda, o FC Porto bateu o Nacional por 3-1, com dois golos de Brahimi e um de Tiquinho Soares.

    Convocados do FC Porto:

    Vaná, Diogo Costa, Mouhamed Mbaye; Maxi Pereira, Éder Militão, Bruno Costa, Hernâni, Aboubakar, Óliver, Marega, Manafá, Alex Telles, Loum, Herrera, Jesús Corona, André Pereira, Danilo, Otávio, Felipe, Soares, Pepe e Fernando Andrade.

    Convocados do Desp. Aves:

    Juízes da partida

    O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Carlos Xistra para arbitrar o jogo. O árbitro da Associação de Futebol de Castelo Branco terá como assistentes Nuno Pereira e Luciano Maia, sendo Iancu Vasilica o quarto árbitro. O VAR será António Nobre.

  • Jogo ao minuto

    • Onzes iniciais:
      FC Porto: Vaná, Manafá, Felipe, Militão, Telles; Danilo, Corona, Oliver, Otávio; Soares e Marega.
      CD Nacional: Daniel, Nuno Campos, Diogo Coelho, Alhassan, Okacha, Riascos, João Camacho, Marakis, Kalindi, Júlio César, Vítor Gonçalves.
    • Suplentes:
      FC Porto: Diogo Costa, Maxi, Pepe, Loum, Hernâni, Fernando Andrade e Aboubakar.
      CD Nacional: Francis Ohoulo, Mauro, Kaká, Diego Barcelos, Witi, Avto e Rochez.
    • INICIO DA PARTIDA
    • 3′ Cruzamento de Alex Telles para Corona saiu muito longo.
    • 12′ Riascos surge isolado, contorna Vaná, mas de baliza aberta… acerta na malha lateral.
    • 13′ GOLO! 0-1 – Alex Telles.
    • 27′ GOLO! 0-2 – Oliver Torres.
    • 31′ Partida interrompida para assistência a Riascos e Militão.
    • 36′ Partida interrompida para assistência Vaná.
    • 41′ Brayan Riascos remata sem direção.
    • 45′ Canto, Alex Telles executa para o FC Porto.
    • 45′ Dois minutos de tempo extra.
    • FIM DA 1ª PARTE
    • 46′ Começou a segunda parte na Choupana!
    • 48′ Corona entra na área, mas o remate sai ao lado.
    • 51′ Corona entra na área, cruza atrasado para Otávio, que se embrulha com Vítor Gonçalves.
    • 51′ Os portistas ficaram a reclamar penálti. Mas o árbitro mandou seguir.
    • 58′ GOLO! 0-3 – Corona.
    • 60′ Marega a surgir na cara de Daniel mas a rematar ao lado.
    • 60′ Estão 4098 espectadores no estádio.
    • 68′ Nacional acaba de conquistar uma grande penalidade!
    • 70′ Depois de consultar o VAR, Carlos Xistra volta atrás na decisão.
    • 70′ AMARELO – Riascos.
    • 76′ Saiu Soares, entrou Loum.
    • 76′ Saiu Corona, entrou Fernando Andrade.
    • 80′ Saiu Marakis, entrou Diego Barcelos.
    • 87′ Saiu Otávio, entrou Maxi.
    • 87′ Na sequência do canto, Danilo cabeceia e a bola vai à mão de Alhassan. Carlos Xistra fala com o var e confirma o penálti.
    • 88′ GOLO! 0-4 – Marega.
    • FIM DA PARTIDA
  • Crónica

    O FC Porto venceu confortavelmente o Nacional por 4-0 e mantém vivo o sonho do título. Já os insulares juntam-se ao Feirense na descida à segunda divisão. Na Choupana, Riascos falhou uma bola de baliza aberta aos 12′. Dois minutos depois, Alex Telles marcou um livre de forma exímia e inaugurou o marcador. Aos 28′, foi a vez de Óliver levar oS azuis e brancos e vencer por 2-0 antes do intervalo. Na 2.ª parte, Marega assistiu Corona (59′) para o mexicano finalizar em grande estilo paRA o terceiro. Aos 88′, o avançado maliano fez mesmo o gosto ao pé na marca de penalti.

    [ Ver filme do jogo ]

    Com este triunfo, o dragão situa-se agora no primeiro lugar, com 82 pontos, mais um do que o Benfica.

    Estádio da Madeira – CD Nacional-FC Porto, 0-4


    FC Porto: Vaná, Manafá, Felipe, Militão, Telles; Danilo, Corona (Fernando Andrade, 76m), Oliver, Otávio (Maxi, 87m); Soares (Loum, 76m) e Marega.
    Suplentes: Diogo Costa, Maxi, Pepe, Loum, Hernâni, Fernando Andrade e Aboubakar.
    Treinador: Sérgio Conceição.


    Veja os melhores momentos

CD Nacional-FC Porto, jogo a contar para 32.ª jornada do campeonato.

Notícias Populares