A cidade do Porto já tem parque para cães


Foi inaugurado, no Porto, o primeiro parque para cães. São perto de 350 metros quadrados onde os cães podem andar sem trela já que existe uma cerca em redor do espaço…

A cidade do Porto conta a partir de sexta-feira, 4 de Janeiro, o há muito esperado parque canino do Porto. E, caso a experiência seja bem-sucedida, apenas o primeiro de vários, garantiu o vereador do ambiente, Filipe Araújo.

Além de um espaço de uso exclusivo para os cães poderem socializar e exercitarem-se, livres da trela, os dois parques construídos junto ao campo de jogos do jardim — um destinado a cães de grande porte e outro para os de porte pequeno — estão ainda equipados com bebedouros, contentores com dispensador de sacos para recolha e deposição de dejectos, obstáculos e barreiras em madeira que permitem aos animais fazer exercícios em salto, bancos (estes para os tutores) e caixas de areia onde podem escavar.

Estes espaços visam corresponder a uma ânsia da população de poder ter um local onde largar os seus cães em segurança, uma vez que está a aumentar o número de animais de estimação na cidade, nomeadamente os cães, o que tornava evidente a necessidade de criar zonas específicas destinadas ao recreio e atividades destes animais, por forma a fomentar a sua saudável e segura permanência no espaço público, mas sem o uso de trela.

Por isso, os novos parques abertos desde hoje ao público são vedados, o que permite aos animais correr e brincar livremente sem trela, mas de acordo com as regras estabelecidas e afixadas em painel próprio no local. Na entrada de cada parque, localiza-se uma antecâmara para que os donos possam tirar as trelas.

De modo a criar um ambiente com sombra para os dias em que tal se revele necessário, irá proceder-se à plantação de mais espécies arbóreas na envolvente, mantendo-se o relvado já existente.


Notícias Populares